Warning: Parameter 1 to wp_default_styles() expected to be a reference, value given in /home/drdiego/www/wp-includes/plugin.php on line 601

Warning: Parameter 1 to wp_default_scripts() expected to be a reference, value given in /home/drdiego/www/wp-includes/plugin.php on line 601
O que é Isso da Hipnose? - Dr. Diego Wildberger
  

O que é Isso da Hipnose?

hipnose

Se um jovem me perguntasse: “O que é isso da hipnose?” penso que teria uma certa facilidade em responder. O meu dia a dia é passado entre jovens e adolescentes – os meus filhos e sobrinhos – pelo que estou bastante habituada a explicar o que faço e de que forma utilizo esta técnica para ajudar as pessoas em geral.

A hipnose é um estado da mente, no qual entramos de uma forma natural. Quando estamos a ver televisão, tão concentrados que quando nos chamam nem sequer ouvimos; ou quando estamos a ler um livro completamente embrenhados na história que nem damos conta do que se passa à nossa volta; ou ainda quando guiamos o nosso automóvel por uma estrada conhecida, totalmente absorvidos em pensamentos, de tal forma que chegamos ao nosso destino sem nos lembrarmos do percurso feito. Estes são estados de hipnose acordada, todos caracterizados por um estado de atenção tão concentrada em qualquer coisa que estamos a fazer, ler ou pensar, que nos dissociamos da realidade exterior. Há quem diga que uma pessoa assim está “na lua”. A verdade é que neste estado as pessoas ficam mais sugestionáveis, mais disponíveis e mais receptivas. Desta forma, e depois de muitas décadas (ou mesmo séculos) de estudos científicos, foi verificado que este estado de hipnose podia ser utilizado terapeuticamente, ajudando as pessoas a alcançarem mudanças nas suas vidas. Chama-se a isto Hipnoterapia.

A intervenção da hipnoterapia pode ser feita em várias áreas, todas relacionadas com a ansiedade:

  • Ansiedade de desempenho – apresentar um trabalho na aula ou fazer um exame oral;
  • Fobias – um medo irracional de cães, aranhas, de andar de avião, ou de agulhas;
  • Dificuldades de concentração no estudo, de organização e gestão do tempo;
  • Problemas de auto estima e de auto confiança;
  • Gestão da ansiedade e do stress;
  • Dificuldades nos relacionamentos com os Pais, os colegas, os Professores.

Mas a parte mais importante deste pequeno artigo é de explicar como e porque é que esta técnica é tão eficaz. Quando se induz terapeuticamente este estado de hipnose, a pessoa fica muito calma, muito relaxada, de tal forma que pode parecer estar a dormir. Mas a verdade é que está bem desperta. A mente está vigilante e atenta. O hipnoterapeuta vai sempre falando com o sujeito hipnotizado que, estando bem receptivo, vai aceitar as suas directivas e as suas sugestões. É importante esclarecer que a pessoa está sempre em controle de tudo o que se passa. Só diz o que quer, só faz o que quer e só aceita as sugestões que fazem sentido para a sua vida. Penso que é importante explicar que, para se conseguir levar uma pessoa a este estado há que, primeiramente, estabelecer uma relação de confiança com o sujeito. No fundo há que explicar claramente o que é a hipnose (exactamente o que estou a fazer aqui), esclarecer todas as dúvidas, desmistificar este tema, e depois levar a pessoa a aumentar a sua curiosidade e entusiasmo sobre os resultados desta terapia. Somente desta forma o terreno estará bem preparado para receber as sugestões pretendidas.

E que sugestões são estas? Uma pessoa vem ver um hipnoterapeuta porque tem uma dificuldade, um problema que quer ultrapassar. O objectivo da terapia é então clarificado, e as sugestões são dadas no sentido desse objectivo. Parece um processo simples, e verdadeiramente até é. No entanto há que ter muito cuidado no acto de dar as sugestões. Ao pretender ajudar podemos estar a criar um problema maior. A hipnoterapia deve ser feita por terapeutas certificados por escolas credíveis. Apesar de simples é uma técnica terapêutica que envolve uma grande responsabilização por parte de quem a opera. Também quero mencionar outra vertente da hipnose (talvez a mais importante), que é a auto hipnose. Se este estado pode ser induzido e conduzido por outro (o hipnoterapeuta) também pode ser conduzido por nós próprios.

Há quem diga que toda a hipnose é auto hipnose. Através da auto indução deste estado de calma, relaxamento e concentração, como que nos “desligamos” do mundo à nossa volta, das nossas vidas e preocupações, para nos permitirmos pensar em coisas boas, positivas e entusiastas. No fundo é como se pudéssemos produzir dentro de nós um filme positivo da nossa vida, sentando-nos tranquilamente a vê-lo. Relaxar é bom. Tranquilizar a mente é bom. Dizermos a nós próprios:”vai tudo correr bem” é bom. Temos essa capacidade, e deveríamos fazê-lo diariamente, para nos preparamos positivamente para o dia que chega. E se estivermos confiantes e positivos, temos mais probabilidades de transformarmos o nosso dia num dia positivo.

Por: Rosário Vilardebó
Fonte: Revista Sphere-International Lifestyle – Nº 05/2008

Categoria: Artigos, Hipnose

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: